Primeiros Passos













E porque um dia deram corda, a beringela despertou.
Pé ante pé, tímida e delicada, vagarosamente foi e está a construir o seu compasso. E com a vontade de saber mais e fazer melhor, como suas aliadas, um dia construiu o seu próprio habitat e relacionou-se com as pessoas, que como ela, têm a paixão pelas coisas simples, mágicas e belas da vida.
A beringela abre as portas a todas as pessoas que partilhem essa paixão. A partilha de experiências, de saberes, de alegrias, habitam por entre as paredes e mantêm a corda activa, desperta.

1 comentário:

joana disse...

O primeiro passo está dado, agora a beringela tem o mundo para descobrir.
Muitos parabens para os criadores deste blogue.

Beijos, muitos.